CONSULTÓRIO CEREALÍCOLA

MILHO . Tem alto potencial produtivo e é bastante responsivo à tecnologia

O milho (Zea mays) é um conhecido cereal cultivado em grande parte do mundo. O milho é extensivamente utilizado como alimento humano ou para ração animal, devido às suas qualidades nutricionais.

Tem um alto potencial produtivo e é bastante responsivo à tecnologia. O seu cultivo geralmente é mecanizado, beneficiando muito de técnicas modernas de plantio e colheita.

Com muitas cultivares e híbridos, a planta pode atingir de 70 cm a 2,5 m de altura, ter um ciclo de vida de 3 meses a 10 meses, e contém grãos apropriados para fins bastantes específicos, como por exemplo farinha ou pipoca, ou para ser utilizado como milho verde, isto é, com seus grãos ainda bem hidratados.

Temperatura

O milho é um dos cereais mais antigos do planeta tendo registos que datam de 2.500 a.C., sua presença constante se deve em especial a sua facilidade de adaptação a diferentes regiões. Contudo, mesmo tendo essa boa adaptação é interessante escolher um local em que as temperaturas fiquem numa faixa entre 10°C e 30°C, em temperaturas abaixo ou acima dos limites a planta não sobrevive.


Variedade de milho

Para começar uma plantação de milho é importante saber em que mercado se deseja atuar para escolher a variedade mais interessante. De maneira geral para quem está começando indicamos duas variedades que são o milho comum (o milho verde) e o milho híbrido (o de pipoca).

Os grãos são as sementes que podem ser compradas em diversas casas de produtos agrícolas, após a compra é importante guardar as sementes em locais cobertos e sem contacto com as substâncias químicas.


Solo

No que diz respeito ao solo é importante que seja rico em matéria orgânica, bem drenável e fértil. Algo que esse cereal não suporta é humidade excessiva, tenha atenção ainda a localização que deve estar a favor do sol, pois a planta precisa bastante de luminosidade para que se desenvolva corretamente. Visando facilitar os processos de semeadura e colheita do milho é interessante que o solo seja plano, sem inclinações.

Para quem não tem muitos conhecimentos a respeito das questões técnicas indicamos que leve um especialista em solos para verificar o local. Esse profissional fará testes relativos a fatores como nutrientes, erosão, nível de fertilidade da terra entre outros. Não encare como um custo extra, mas sim como um investimento.

Semeadura

O processo de semeadura é importante para obter cereais de boa qualidade, uma dica é condicionar a germinação dos grãos colocando 5 sementes juntas num copinho feito de jornal com terra húmida. Deixe a meia-sombra aguardando até que brotem, após brotarem transporte as mudas. Realize o processo de abrir covas que tenham 20 cm de profundidade e 15 cm de largura.

Coloque nessas covas as mudas e tampe com duas camadas de terra.  A distância ideal entre as covas é de pelo menos 80 cm uma da outra em fileiras, esse espaço evita que ocorra o entrelaçamento de raízes ou mesmo que os nutrientes do solo acabem sendo esgotados.


Existem algumas condições que favorecem o seu desenvolvimento saudável e o podem ajudar a ter uma boa colheita.

Irrigação e luminosidade

A irrigação da planta deve ser feita na medida exata. Ou seja, regue o milho com frequência para que o solo permaneça húmido (já que a falta de água pode prejudicar o seu crescimento), mas sem permitir que ele fique encharcado.

Essa rega deve ser feita especialmente nos primeiros meses de vida da planta com uma frequência recomendada de três vezes por semana. Logo que as espigas começarem a surgir, a irrigação pode ser feita semanalmente.


Poda e adubação

A planta deve ser adubada, especialmente durante a fase de cultivo, já que o milho é muito exigente em relação a nutrientes. Se notar que as folhas da planta estão perdendo o vigor enquanto ainda são jovens, pode ser necessário realizar uma nova adubação.


Controle de pragas

É importante que faça vistorias frequentes da plantação para evitar pragas e outros agentes que possam prejudicar o crescimento e desenvolvimento da árvore. Como as raízes do milho são muito frágeis, a planta se torna vulnerável e pode ser facilmente danificada.


Cuidados importantes

Uma das características mais marcantes do milho é ter raízes bastante superficiais de forma que vários agentes externos como as ervas daninhas, por exemplo, podem causar estragos significativos. Faça vistorias constantes para ter certeza de que eliminou potenciais agentes que podem atrapalhar o bom desenvolvimento do milho.

Outro ponto importante a considerar é o fato de que essa planta é responsável por extrair do solo uma quantidade significativa de nutrientes, que pode esgotá-lo com alguma facilidade. Observe as folhas da planta, se apresentarem partes amareladas é sinal para adubar o solo.


Colheita

De uma maneira geral o milho estará pronto para colheita entre 4 e 6 meses após ter sido plantado. As espigas costumam atingir o ponto de maturação em torno de 50 dias depois que florescem. Porém, saiba que isso pode variar de acordo com a espécie de milho e a forma de cultivo.

Bibliografia recomendada
pt.wikipedia.org/wiki/Milho; www.montarumnegocio.com/como-plantar-milho/; blog.rodeowest.com.br/agronegocio/dicas-para-comecar-uma-plantacao-de-milho; //ruralpecuaria.com.br/tecnologia-e-manejo/milho/embrapa-primeiro-passo-para-o-sucesso-no-milho-e-escolher-a-semente-correta-para-o-plantio.html