CONSULTÓRIO FRUTÍCOLA

Como aplicar boro no amendoal

Boro: a importância deste microelemento é decisivo para a produção do amendoal, cuja falta provoca grandes disturbios nas plantas, desde anomalias florais, má germinação do pólen e fraco crescimento do tubo polínico.

Quais as funções?

  • É indispensável no crescimento vegetativo, na evolução dos botões florais, na floração e no vingamento;
  • Ele intervém na germinação do pólen e no crescimento do tubo polínico;
  • É um elemento pouco móvel na planta, cuja carência no amendoal tem efeitos muito negativos na produção.

Em que situações podem surgir carências de boro:

  • Em solos de pH elevado ou muito ácidos;
  • Em solos com calcário activo abundante;
  • Em solos arenosos lixiviados;
  • Em situações de secura prolongada;
  • Em solos com baixos teores de matéria orgânica.

Quais as soluções?
As aplicações foliares de boro nos seguintes estados vegetativos:

Sugestões de produtos →

Nota: Como boa medida preventiva aplicar o boro após a colheita ou sobre a madeira, na dose de 0,5 a 1 kg por 100 litros de água (conforme a intensidade da carência). Esta aplicação no Verão melhora a floração e a frutificação do ano seguinte ( melhoria na germinação do pólen, no crescimento do tubo polínico e na divisão celular).

Valores de referência do Boro para interpretação dos resultados da análise foliar:

Espécie – Amendoeira

  • Boro → 30 a 60 mg/kg
Extrato de artigo de António Guerra, in Revista Voz do Campo