CONSULTÓRIO FLORÍCOLA E JARDIM

PLANTA ALOÉ OU BABOSA . Informação geral

O aloé é uma cactácea muito fácil de cultivar quer dentro de casa quer no jardim, na varanda ou no terraço. O seu gel, que é muito fácil de extrair, tem muitas propriedades medicinais e benefícios para a saúde.

Condições de cultivo:

Esta é uma planta que gosta de zonas com temperaturas altas e muitas horas de sol direto por dia. Não aguenta temperaturas inferiores a 4 °C.

O solo ou substrato deve ser muito bem drenado. Quando plantamos aloé em vaso, este deve ter pelo menos 30-40 cm de altura e de diâmetro. Só devem ser regados em períodos de grande calor e secura.

Quando plantar, pode fertilizar com um fertilizante específico para catos e suculentas. Em vaso, pode fertilizar uma ou duas vezes por ano, na primavera e/ou outono.

Como propagar:

Normalmente, junto da planta mãe começam a nascer pequenas plantinhas que vão saindo da raiz da planta mãe. Quando estas plantas tiverem 5-6 cm de altura, podem ser separadas da planta mãe e plantadas separadamente.

Para o fazer, cada rebento deve ter pelo menos três folhas para que possa enraizar e sobreviver.

Para retirar os pequenos rebentos à planta mãe, deve cavar um pouco para soltar as plantas, fazer um corte limpo e retirar os rebentos, tendo o cuidado de deixar o sistema radicular de cada uma das novas plantas completo.

Devemos colocar cada uma das novas plantas em terra (no jardim ou em vaso), só se devendo regar passado uma semana para permitir que até lá a zona de corte cicatrize e para não correr o risco de encharcar as raízes das novas plantas.

Extrato de artigo da Revista Voz do Campo