Microbiólogo para Departamento de Proteção de Culturas Específicas

DESCRIÇÃO DA OFERTA:

Microbiólogo para o Departamento de Proteção de Culturas Específicas do Laboratório Colaborativo “InnovPlantProtect – Associação”. Mestrado em Microbiologia, Biologia, Fitopatologia, Agronomia ou áreas relacionadas.

Procuramos um jovem microbiólogo altamente motivado, da área da Fitopatologia, com uma muito boa capacidade de trabalho em equipa, que queira fazer parte de um grupo jovem e muito ativo, num ambiente amigável, numa instituição nova dedicada ao desenvolvimento de produtos e serviços para a proteção de culturas contra pragas e doenças.

Principais responsabilidades:

Este investigador reporta directamente ao Diretor do Departamento de Proteção de Culturas Específicas do InnovPlantProtect e terá as seguintes responsabilidades:

  • Efetuar amostragens de material vegetal, de pragas e agentes patogénicos proveniente de campos de cultivo
  • Isolar, cultivar e identificar agentes patogénicos das plantas (fungos e bactérias)

• Identificar e estudar agentes de controlo biológico contra agentes patogénicos das plantas

  • Interagir com agricultores e investigadores de campo
  • Apoiar ensaios de interações planta-patógeno em campo, estufa e laboratório

Requisitos específicos:

  • Mestrado em Microbiologia, Biologia, Fitopatologia, Agronomia ou áreas relacionadas
  • Experiência em Microbiologia: isolar, cultivar e identificar agentes patogénicos das plantas(incluindo preparação de meios de cultura)
  • Experiência em cultura e manutenção de plantas
  • Conhecimentos de fitopatologia, fitopatologia molecular, fisiologia vegetal e técnicas agronómicas
  • Fluência em inglês, falado e escrito

Prazos:

Este concurso está aberto até 19 de novembro, com decisão prevista para 10 de dezembro de 2021.

A candidatura deve ser enviada:

Ao cuidado do Diretor Executivo do Laboratório Colaborativo InnovPlantProtect, Professor Doutor Pedro Fevereiro: (inpp@iplantprotect.pt).

Para se candidatar a esta posição, os seguintes documentos devem ser enviados num único documento PDF:

– Curriculum vitae (CV)

– Carta de motivação

– Declaração de honra sobre como os dados declarados no CV são verdadeiros.

(Se o diploma não tiver sido obtido numa Instituição de Ensino Superior Portuguesa, a acreditação pelo Estado Português terá de ser entregue – Reconhecimento de Grau e Diploma | DGES)

→ Não deixe de consultar https://euraxess.ec.europa.eu/jobs/703763.


↓ Clique ↓ veja e subscreva a nossa newsletter: